Auxílio Brasil recebe 400 mil novas famílias inscritas no programa

Ministério da Cidadania passou um pente-fino, Na transição do mês de outubro para novembro o Auxilio Brasil recebeu 400 mil novos segurados. Atualmente o benefício no valor de R$ 600,00 é pago para 21,53 milhões de famílias no Brasil.

Em comparação ao atendidos pelo Auxilio no mês de outubro, os novos beneficiários somam um aumento de 1,89 % em comparação aos 21,13 milhões de segurados já atendidos no mês de outubro. Atualmente o valo médio pago a cada família é de R4 607,57. E a região que contem mais beneficiário recendo o Auxilio Brasil é a região do Nordeste.

São 1.794 municípios nordestinos onde tem espalhados cerca de 9,91 milhões de beneficiários. Foi reservado cerca de R$ 5,9 bilhões pelo Ministério da Cidadania para atender este público. Bahia é o estado que tem o maior número de integrantes ativos no programa.

Com um repasse de R$1,59 bilhões, existe cerca de 2,62 milhões de famílias baianas contempladas com o programa Auxilio Brasil em 417 cidades diferentes do estado baiano. Falando ainda do nordeste, os outros três estados nordestinos que somam mais de um milhão de beneficiários são:

  • Pernambuco – com 1,71 milhão;
  • Ceará – com 1,5 milhão;
  • Maranhão – com 1,24 milhão.

A região Sudeste reúne 6,42 milhões de famílias ativas ao programa Auxilio Brasil em 1.668 municípios. O estado que se destaca com grande número de beneficiários é São Paulo, com 2,62 milhões, em seguida temos Rio de Janeiro com 1,82 milhões e Minas Gerais com 1,65 milhões. A região que se destaca na sequência é o Norte, com 2,58 milhões de famílias beneficiarias em 450 municípios, região Sul com 1,45 milhão distribuídas em 1.191 cidades, região Centro-Oeste com 1,4 milhão em 467 localidades diferentes.

 Quem tem direito a receber o Auxílio Brasil?

Existe uma composição de dois grupos para atender os requisitos para se tornar um beneficiário aprovado pelo programa. O primeiro grupo é formado por pessoas em situação de extrema pobreza, cuja renda familiar per capita chega a R$ 105,00. O segundo grupo consiste nas pessoas em situação de pobreza com renda familiar per capita entre R$ 105,01 a R$ 210,00.

Para recebimento do Auxílio Brasil existe três possibilidades:

  • Se já recebia o Bolsa Família: O Auxílio Brasil será pago automaticamente para esse grupo;
  • Se está cadastrado no CadÚnico, mas não recebia o Bolsa Família: vai para a lista de reserva, poderá passar por analise para ser aprovado;
  • Se não está cadastrado no CadÚnico, é necessário buscar um Cras mais próximo de sua região para registro, sem garantia de receber.

É muito importante lembrar que deve conter alguns desses componentes na família:

  • Ter crianças no ciclo familiar;
  • Ter alguma mulher gestante;
  • Mães que após o nascimento da criança, ainda estão em processo de amamentação;
  • Algum membro Adolescentes;
  • Crianças e Jovens com idade entre 0 a 21 anos incompletos.

   Entre em nosso grupo de Watsapp

Leia também:

FGTS 2023: Consulte agora os prazos para recebimentos e veja se já está aprovado

Auxílio Maternidade para desempregadas – Receba Salário Auxílio Maternidade

Programa Mais Empregos – Apreenda dicas para participar e veja como funciona

Auxílio Brasil vai sofrer aumento – Verifique os mudanças no auxílio

Aposentadoria por invalidez- Quem tem direito ao benefício?

Como consultar o Auxílio Brasil

Diretamente pelo aplicativo do programa é possível os beneficiários consultar o Auxílio Brasil, para isso, basta ter o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física).

Através do app Caixa Tem também é possível consultar o Auxilio Brasil pela poupança social digital. Dentro do app o usuário tem acesso a várias informações, tais como valor das parcelas, data de pagamento e extrato dos valores recebidos. Conheça abaixo o passo a passo para consultar o Auxilio Brasil:

  • Faça o download do app do Auxílio Brasil na loja de aplicativos;
  • Para iniciar o acesso digite o número do CPF;
  • Em seguida, conclua o acesso e crie uma senha;
  • Após entrar no aplicativo, na tela inicial, clique no botão de consulta dos valores, assim terá todas as informações;

 Agradecemos pela leitura!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *